sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

“Uma vergonha se o Brasil for viver com união homossexual, aborto e prostituição”, dizem os pernambucanos

Salvador, 28 de Janeiro de 2011.
7estados percorridos! Estamos prestes a atingir nossa meta de 6.000km em defesa da família, contra o aborto e o PNDH-3. E para isso concorreram todos os que rezaram pelo sucesso da Caravana e todos os que deram sua generosa contribuição.



Peço desculpas de ter demorado um pouco para escrever, mas um imprevisto nos pegou no meio do caminho entre Maceió e Aracaju. Uma das kombis enguiçou. Foram precisas várias horas de conserto, e os caravanistas foram dormir às 3 horas da manhã. Acordaram às 8h para fazer campanha na capital sergipana e depois continuar rumo a Salvador. Mas... a kombi deu outro problema, e mais algumas horas de conserto! Com isso, uma segunda noite mal dormida.

Assim, ficou decidido que ontem não haveria campanha. Seria um dia para os caravanistas se recomporem. Pois bem, estão todos recompostos, e entrarão em contato direto com o público da capital baiana, daqui a alguns instantes.

Ontem telefonou-me o Sr. Márcio Coutinho, encarregado da parte da caravana que desceu para o Rio de Janeiro, a fim de levar conforto espiritual para as vítimas das enchentes. Disse-me que em breve tentaria enviar fotos e vídeos, para termos uma noção de como está correndo o trabalho.

Então, peço licença para partir junto com os jovens, ansiosos de coletar assinaturas e conversar com o público da 7ª capital do nosso roteiro.

Abaixo mais um vídeo. Em breve mais notícias.

Atenciosamente,

Daniel Martins

Video: Caravana da Santa Cruz em Recife



Gostaria receber no meu email, gratuitamente, atualizações de 'O que está acontecendo na América Latina'

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.