terça-feira, 13 de outubro de 2009

“Deus está ao nosso lado” diz comandante da luta contra as FARC


O Comandante em Chefe das Forças Armadas Colombianas, general Freddy Padilla de León, foi recebido em audiência por S.S. Bento XVI.

Segundo comunicado da embaixada colombiana em Roma, reproduzido pelo “Diário de las Américas”, na saída, Padilla de León declarou: “Os esforços e sacrifícios das forças armadas colombianas estão sendo recompensados (...) não se pode esquecer que a Fé católica é um dos principais suportes que nos acompanham na busca da paz e da ordem institucional na Colômbia.”

O comandante militar lembrou que desde o exército se infunde o fortalecimento do catolicismo e dos valores cristãos e assinalou que no exército colombiano sempre se encomendam ao Sagrado Coração “as numerosas e arriscadíssimas” operações militares.


“Como se pode ver nos resultados da luta contra o terrorismo está demonstrado que Deus está ao nosso lado e a Ele pedimos todos os dias com devoção que nos dê ânimo para conseguir nossos objetivos pelo bem da Colômbia e da comunidade internacional.”

O general Fredy Padilla de León dirigiu a “Operação Jaque”, que libertou Ingrid Betancourt, três estadunidenses e uma dezena de militares havia anos seqüestrados pelas Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colômbia (FARC) marxistas-leninistas.

Gostaria receber no meu email, gratuitamente, atualizações de 'O que está acontecendo na América Latina'

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.