domingo, 27 de abril de 2008

Oração que lava a alma do brasileiro que sofre pelo seu país

Governo, políticos esquerdistas, missionários da Teologia da Libertação, CIMI, cnbb, PT, CPT, MST, ONGs e congêneres, apoiados pela grande mídia fazem tudo quanto podem para expulsar os brasileiros que heroicamente lutam para conquistar a selva amazônica para nossa civilização.

Esses corajosos desbravadores não estão sós: a maioria dos índios do local, como na Roraima, está com eles.

E estão ali, nas fronteiras, esquecidos por essa mídia e vilipendiados por esses missionários agitadores, muitas vezes desprovidos do material indispensável, unidades das Forças Armadas brasileiras mantendo bem alta a bandeira nacional!



Vendo este clip com esta "Oração do Guerreiro da Selva" me senti emocionado. É uma cena que lava a alma de toda essa sujeira que sai pela mídia contra o nosso Brasil. Imperdível. Veja e reveja mais uma vez. É uma aula de patriotismo. Mas também de fé e de catolicidade.

Estou com eles, e gostaria estar lá rezando com eles.

À distância, desde São Paulo, minhas orações se unem às deles, aos pés de Nossa
Senhora Aparecida.

Enviar para meu email, gratuitamente, atualizações de 'O que está acontecendo na América Latina?'

FARC à espreita das reservas indígenas brasileiras


Ronald, 26, ex-guerrilheiro das FARCs, imitou outros 8.000 colegas dessa guerrilha marxista-leninista e se entregou ao Exército sob o plano de desmobilização do presidente Uribe.

Segundo Ronald, armas e apoio logístico das FARCs vêm via a Venezuela de Hugo Chávez. O comandante da frente 10 onde lutava Ronald, Germán Briceño Suárez, o Granobles, dirige seus homens desde a Venezuela.

Compreende-se bem que as esquerdas queiram enfraquecer as fronteiras nacionais. Criadas virtuais “terras de ninguém” — embora brasileiras — na prática serão territórios de livre circulação para a narcoguerrilha marxista, apoiada em ONGs do gênero do CIMI, do MST, ecologistas e “companheiros de ruta”.


Enviar para meu email, gratuitamente, atualizações de 'O que está acontecendo na América Latina?'

A carta que pode salvar a integridade territorial do Brasil

Parece incrível! É uma carta escrita há 30 anos! Entretanto chega hoje mais candente que nunca!

Aqui está a esperança de solução para salvar a integridade territorial do Brasil.

É uma carta escrita "Ao Papa Ignoto"! Sim, porque na época os cardeais estavam reunidos para escolher o futuro Papa João Paulo II.

A carta foi publicada na “Folha de S. Paulo” em 14-10-78. Chegou ao destinatário? Foi lida? Algo foi feito? Não sei. Mas agora o problema está mais grave.

Queira Deus que chegue a S.S. Bento XVI. Se ele a acolher bem o Brasil será salvo!

Veja o que diz a carta:

Ao Papa Ignoto

“Folha de S. Paulo”, 14.10.78

Escrevo na Quinta-feira. O conclave iniciar-se-á na tarde de sábado. Quantos dias durará a escolha do novo Papa? Quem será o novo Papa? Essa questão parece que se vai tornando mais enigmática, à medida que o tempo corre.

Ora, antes mesmo que se saiba quem ele será, desejo dirigir-lhe aqui uma súplica. Pois a magnitude do que vou pedir excede às circunstâncias pessoais de quem venha a ser eleito. Escrevo, pois, ao Papa ignoto.

Meu pedido cabe em meia dúzia de frases:

“Santo Padre, o Brasil é, no mundo de hoje, o País de maior população católica. A unidade civil desse enorme bloco religioso é fator fundamental para que ele possa dar inteiro cumprimento, entre as nações, à sua vocação cristã. Ora, essa unidade está ameaçada.

“Um só gesto vosso bastará para salvá-la. Fazei esse gesto logo nos primeiros dias após vossa eleição. Ela será o pórtico de glória com que se abrirá vosso Pontificado.

“Santo Padre, afastai o perigo com que se defronta a unidade do Brasil.”


Plinio Correa de Oliveira


Leia o texto completo do artigo


Enviar para meu email, gratuitamente, atualizações de 'O que está acontecendo na América Latina?'

sábado, 26 de abril de 2008

Ameaça narcoguerrilheira na fronteira já matou soldados brasileiros

O perigo das FARC e de narcoguerrilheiros atentarem contra a fronteira amazônica não é ficção. Já morreram soldados brasileiros cobardemente assassinados por guerrilheiros marxistas-leninistas das FARC, em 1991. Vejam senão este clip.



A Colômbia está fazendo sua parte causando fortes baixas aos subversivos. Metade deles já abandonou o combate. Mas a mídia brasileira não gosta do presidente Uribe...

O governo brasileiro está fazendo a sua? Ou está abrindo o espaço para os subversivos por omissão ou acobertamento?

A CNBB já sabemos. Está com o CIMI, que está com a CPT, que está com o MST, que está com o Incra e a Funai, que está com o PT. Porém parece que os bispos, ou muitos deles, também não sabem de nada.

Enviar para meu email, gratuitamente, atualizações de 'O que está acontecendo na América Latina?'

terça-feira, 8 de abril de 2008

Em Cuba, Lula se emociona com o camarada Fidel Castro

O presidente Lula deu US$ 1 bilhão em créditos e investimentos a Cuba, onde até alimentos e o dinheiro para comprá-los faltam dramaticamente.

No Brasil, a visão política lulo-petista justifica todo tipo de ações legais –– ou ilegais, como as do MST –– contra os proprietários, sob o pretexto de luta contra a fome e a pobreza.

Na Cuba comunista, esse modo de ver não vale, pois aplica-se um critério ideológico que favorece o sistema marxista causador de fome.

Lula com Fidel, Valter Campanato-ABr

O pacote de ajuda a Cuba incluiu obras de infra-estrutura viária. No Brasil, entretanto, é oportuno lembrar que nossa rede viária estatal prossegue em petição de miséria...

Lula ficou emocionado por encontrar o chefe enfermo [foto] que oprime a ilha, e confessou ser “um apaixonado pela Revolução Cubana”. Por trás das aparentes contradições do presidente petista há no entanto uma constante, quando está em jogo o regime marxista da ilha de Fidel Castro.

Terroristas arregimentam índios nas fronteiras da Venezuela

O presidente venezuelano Hugo Chávez abriu as portas para terroristas do Hezbollah fazerem doutrinamento de silvícolas no país.


O Hezbollah, grupo financiado pelo Irã,já perverteu ao maometanismo a tribo Wayuu, dos índios Guajiros, que vivem entre a Venezuela e a Colômbia [foto].

As mulheres portam o véu islâmico, os homens treinam com fuzis russos Kalashnikov, e as crianças aprendem a ler o Corão. Alguns se fizeram fotografar como homens-bomba.



O Brasil e a Venezuela têm reservas indígenas fronteiriças na altura de Roraima.

No momento em que o governo Lula quer expulsar os arrozeiros da reserva Raposa Serra do Sol, o Hezbollah, auxiliado pelos petrodólares, poderá tentar perverter os índios brasileiros da região, como já fez com os Wayuu.