domingo, 29 de julho de 2007

FARC à brasileira: possibilidade nos assentamentos

Dois ex-líderes e 15 membros do MST — todos eles foragidos — foram indiciados por homicídio, tortura, cárcere privado ou danos materiais no caso do assassinato do soldado PM Luiz Pereira da Silva, em Quipapá (PE). Também foram indiciados por tortura e cárcere privado do sargento PM Cícero Jacinto da Silva. Segundo o delegado Antonio Carlos Câmara, que dirigiu o inquérito, é “imprescindível a punição exemplar para os imputados, sob pena de que, em um futuro próximo, assentamentos como estes se tornem verdadeiras espécies de FARC [Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia] à brasileira”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.